sábado, 13 de fevereiro de 2010

As Fontes de Alegria




Inicia hoje o Encontro Ibérico de Jovens promovido pela Comunidade de Taizé.
A iniciativa que decorre pela primeira vez no Porto, deverá contar com a presença de 6500 jovens oriundos de 25 países.
O encontro será subordinado ao tema "As fontes de Alegria" e integra-se na Missão 2010 da Diocese do Porto.

Eu serei mais um dos participantes e por isso, até à próxima terça-feira, terei menos tempo para vir aqui postar.
No final partilharei, através do blog, as minhas impressões.

3 comentários:

  1. Repto:
    Queremos que o Centro Histórico de Leça da Palmeira seja requalificado, e que seja um estimulo ao emprego, à habitação para jovens, á hotelaria, à restauração, aos ateliês artísticos, às oficinas de artesanato, às escolas e lojas de desportos náuticos, consultórios médicos, agências de navegação, afinal Leixões é Porto de partida e entrada.

    Saudações Marítimas
    José Modesto

    ResponderEliminar
  2. Pergunta:
    Das 10 freguesias que compõem o concelho de Matosinhos, nas Assembleias Municipais
    poucos são os presidentes de junta que estão presentes…
    Porquê a ausência?
    Não acham que deveriam estar todos presentes?


    Saudações Marítimas
    José Modesto

    ResponderEliminar
  3. Repto:
    Exmº Senhor.
    Presidente da Assembleia Municipal de Matosinhos
    Eu José António Terroso Modesto venho apresentar a Vª Exª a seguinte:
    MOÇÃO:
    É com enorme satisfação que pude constatar que aquando da realização das Assembleias Municipais que Vª. Ex.ª. Preside, a bancada do Partido que Vª.Exª.
    representa, pauta-se pela chamada pontualidade Britânica, (existem poucas excepções),perdoe-me esta comparação o facto é que ela se faz.
    Infelizmente, alguns deputados eleitos pelos Matosinhenses teimam no não cumprimento de horários, nalguns casos inclusive a sua ausência.
    Este facto traduz uma significativa diminuição do peso político do nosso Concelho, não dignificando em nada a nossa Democracia, ao mesmo tempo desprestigiando o Hemiciclo
    ao qual V.Exª.Preside.
    Relembro que a presença dos Presidentes das nossas Freguesias deveria ser obrigatória.
    Não existindo o chamado relógio de ponto, tão necessário as referidas Assembleias, venho por esta forma manifestar o meu repudio e lamentar que os nossos deputados (alguns) não cumpram os horários estabelecidos para o acto do qual V.Exª. Preside.

    Saudações Marítimas
    José Modesto

    ResponderEliminar